“Acreditamos na Tv Dacs, acreditamos na nossa equipe, e os esforços sempre serão válidos.”, afirmam integrantes de Programa Piloto

P ingue-los pogue Estúdio de Tv, Estácio Fic do Ceará
Estudantes  do  Centro  Universitário  Estácio  Fic  do  Ceará,  do  curso  de Comunicação Social  com  Habilitação  em  Jornalismo  e  Publicidade  e  Propaganda, participam de um projeto Programa Piloto - TV Dacs (DA de ComSocial Estácio). São estudantes de 17 a 23 anos que executam o que aprendem em sala de aula.  Em  uma  entrevista  pingue-pongue,  eles  relatam  como  é  a  experiência  de produzir um programa piloto. 

Papos da Raposa: Por que participar da TV Dacs? 

Estudantes: Bem,  participar  da  TV  Dacs  é  muito  importante  pra  gente,  pois 
além do conceito que aprendemos em sala de aula, ganhamos conhecimentos na prática. 
Isso é muito importante. Estar em um estúdio, ter contato com equipamentos da área é 
essencial. 

Papos da Raposa: Para  vocês,  qual  a  necessidade  de  um  veículo  de  informação  (Tv,Rádio, Internet) para a Instituição?  


Estudantes: É  muito importante.  Nem  todos  têm  disponibilidade para buscar  informações através de  sites,  redes  sociais,  por exemplo.  E através  da  Tv,  nós de certa forma, conseguimos realizar isso.  Ter  um  programa inserido em  um  Centro Universitário é muito útil, as pessoas ficam sabendo de assuntos da própria instituição, por exemplo. 




Papos da Raposa: Como é dividida a equipe? 

Estudantes: Nós  temos  repórteres,  roteiristas,  produtores,  cameraman,  editores  e fotógrafos. Cada um ajuda o outro, sempre. Tudo para que o programa fique bem legal. 

Papos da Raposa: Existe alguma dificuldade para executar determinada função, sendo estudante? 

Estudantes: Sim,  com  certeza.  Não  é  fácil  conciliar  trabalhos  e  projetos  com  a  Tv. Temos que estudar.  Temos  as  nossas  obrigações  particulares,  sabe?  Mas acreditamos na Tv, acreditamos na  gente mesmo, e os esforços sempre serão válidos. Cada um está muito interessado com o projeto, e isso faz com que as dificuldades sejam amenizadas.

Papos da Raposa: Qual a sensação de ver o programa depois da edição e dos últimos detalhes? 

Estudantes: Super  gratificante.  Muito  bom  ver  que  os  nossos  esforços  foram recompensados, ver que cada um contribuiu com o seu melhor. É estimulante!   



Papos da Raposa: Como é o processo de elaboração de pautas? 

Estudantes: Antes  de  tudo, nós  pesquisamos, elaboramos uma  pauta,  verificamos  o que o público irá gostar mais. Pesquisamos quais seriam os assuntos mais interessantes, algo que  as  pessoas gostariam  em  ver.  O  nosso foco  é  que  os  alunos  vejam o programa, assistem. 



Papos da Raposa: Como foi o primeiro programa? 

Estudantes: Foi  muito  bom.  Entrevistamos  o  Rogério  Nogueira,  autor do documentário “Onde fica Uiraponga?”. Identificamos que ele seria uma boa pauta e pesquisamos sobre a sua vida.  Pesquisamos  através  do  Google,  redes  sociais.  Tentamos  saber  tudo  sobre a vida dele antes da entrevista. 

Papos da Raposa: Houve  sintonia  entre  o  entrevistador  e  o  entrevistado?  É  necessário  haver essa sintonia? 

Estudantes: Sim,  houve.  Ele  é  bem  simpático.  Respondeu  as  perguntas tranquilamente. E  é muito  importante  que  exista  interação  entre  ambas  as  partes. Antes  da gravação nós conversamos  com  o  entrevistado,  nos  apresentamos, tentamos ter  um envolvimento maior,  para  que  na  hora  da  gravação  não  exista nenhum constrangimento  ou  timidez, por exemplo. 

Papos da Raposa: Vocês acreditam na equipe? 

Estudantes: Com certeza. Nós acreditamos na gente. Foram quase 100 inscritos, e nós estamos aqui.  Cada  um  tem  a  o  compromisso,  e  fazemos  o nosso  melhor.  Mesmo com as dificuldades  nós  estamos nas  reuniões,  nas  gravações, estamos  realmente presentes. Porque é isso que nós queremos: aprender, obter experiência, entende? É muito bom ver que o programa deu certo, e que somos capazes de ir além. 

Papos da Raposa: Para vocês, qual a importância da TV? 

Estudantes: Todas possíveis. Além de proporcionar informações aos estudantes da Estácio, faz com  que  a  gente  aprenda  muito.  A  cada  reunião,  a  cada  programa  é um novo ensinamento.  Não  sairemos  profissionais  da  área,  de  fato,  mas  com certeza teremos noção nessa área. O que aprendemos hoje, certamente nos ajudará futuramente. 






Para conferir o Primeiro Programa da DACs Tv, Confira  Aqu i .                                           



Share on Google Plus

Sobre Lucas Almeida

Lucas Almeida, 20, cearense, é estudanste de jornalismo. Tem interesse em Assessoria de Imprensa, Web Jornalismo e Audiovisual. Criou o blog Papos da Raposa com a finalidade de ajudar estudantes de jornalismo através de artigos, dicas, entre outras categorias.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

4 comentários:

  1. Adorei a matéria. Bacana projeto.

    ResponderExcluir
  2. Gostei do projeto. Onde posso ver o vídeo e a entrevista com o Dakson Peixoto? Parabéns!

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo no Blog Papos da Raposa. Ah, e obrigado pelo o comentário. Volte sempre!